O nosso ideal

Queremos desenvolver a cultura cervejeira. Desfrutar de boas e artesanais cervejas. Incentivando que as façam!



CERVEJAS GAÚCHAS GANHAM OURO


Foram quatro as cervejas gaúchas que receberam medalha de ouro no II Concurso Brasileiro da Cerveja. Foi em Blumenau durante o Festival Brasileiro da Cerveja que começou ontem.

A cerveja que obteve a maior pontuação do concurso foi a Amazon Stout, do Pará. Essa já esteve em avaliação por aqui e agradou.

PARABÉNS AOS CERVEJEIROS!



A mulher que criou a Primeira Microcervejaria do Brasil

Empresária Anelise Marques: criou e administra há 20 anos a Cervejaria Ashby

 
Bebida masculina? Por mais de 10 mil anos a produção e o aperfeiçoamento da Cerveja foi quase exclusivo das mulheres. Mas hoje, apesar do reconhecimento cada vez maior da importância do público feminino no consumo (veja dados do fim do texto), poucas mulheres se aventuram na fabricação da bebida. Em Amparo, no Circuito das Águas Paulista, a empresária Anelise Marques dirige a mais de 20 anos a Cervejaria Ashby e mostra como o toque feminino combina com a cerveja.
 
Anelise fundou, junto com o marido, o norte-americano Scott Ashby, a cervejaria em 1993. Desde o início, a empresária tomou conta da administração da empresa, que de um pequeno galpão saltou para uma rede com mais de cem distribuidores em cinco estados brasileiros.
 
“O mercado cervejeiro é masculino, sem dúvidas. Mas não há nada que impeça que as mulheres invistam neste cenário, pelo contrário, é um mercado carente dos diferenciais femininos. A cada dia conquistamos novas consumidoras e tenho certeza que em pouco tempo teremos mais mulheres à frente de cervejarias”, disse Anelise.
 
Com a empresária dirigindo a empresa, a Cervejaria Ashby foi pioneira e, quando nem se sonhava com cervejas diferentes do padrão Pilsen, lançou a primeira Pale Ale do Brasil. O produto será relançado este ano, em uma edição comemorativa, com mais quatro tipos de cerveja.
 
Da África para o Brasil
Em um trem de Nairóbi para Mombassa, no Quênia, Anelise e Scott se conhecem em 1989. Ele aproveitava um ano sabático da universidade e ela estava de férias. Os dois, de mochila nas costas, faziam uma viagem pela África que terminaria no Egito. Alguns meses depois, nos Estados Unidos, onde ela se especializava em Direito e ele terminava seu doutorado em física, surge à vontade de construir uma vida juntos.
 
Scott já tinha o hobby de produzir suas próprias cervejas e a vontade de fazer isso em uma escala maior. O casal aprimorou os conhecimentos trabalhando na cervejaria Wasatch, no estado de Utah e com a vontade de Anelise de voltar para o Brasil, decidem criar a Cervejaria Ashby, inspirada pelas microcervejarias norte-americanas.
 
Em agosto de 1993 iniciam a produção. Nesses mais de 20 anos de história, a Cervejaria Ashby cresceu inovando em todas suas áreas de atividade, desde receitas, passando por processos produtivos de vanguarda e relacionamento com distribuidores e clientes. Sempre buscando a singularidade do aroma e a textura de suas bebidas que conquistaram os brasileiros com seu sabor diferenciado.
 
Mercado feminino da Cerveja
·         47% das mulheres consomem bebidas alcoólicas regularmente*;
·         Destas, 88% bebem cerveja*;
·         No supermercado, 63% das mulheres escolhem a marca da cerveja que será comprada*;
·         50% das mulheres concordam que cerveja pode ser bebida em qualquer ocasião*;
·         82% das mulheres discordam que cerveja não é para mulheres*;
·         Pelas estatísticas, os homens são ainda os maiores consumidores de cerveja. Eles bebem cinco vezes mais que as mulheres, aponta a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE);
·         Mas uma pesquisa realizada em 2011 pelo Painel Nacional de Domicílios da Kantar Worldpanel mostrou que mulheres acima de 35 anos consomem a mesma quantidade de cerveja dos homens com a mesma idade, sendo responsáveis por 23% do mercado nacional.
 
*Consumo Feminino da Cerveja, da Sophia Mind e Inteligência de Mercado, 2010.
 
~Assessoria Ashby~
 

Um brinde as mulheres!

8 de março, é comemorado o Dia Internacional das Mulheres.
Dia para agradecer e venerar a fundamental existência das mulheres.
Não esqueça de brindar com uma cerveja, pois foram elas as maiores responsáveis em cuidar desta bebida por muitos anos da história.